Olá Amigos!

O Ventor diz que nunca mais quer um único animal, mesmo que seja o mais belo do Universo.

Eu sei que o Ventor está a sofrer muito por mim, como sofreu por muitos outros, e acho que ele desta vez, também fala verdade.

Chegou a minha vez de também ficar doente!

Hoje fui ao Vet e ele disse algo que deixou o Ventor muito triste, que eu bem vi. Eu estive quase para lhe dar uma arranhadela, mas só o ameacei.

 Vocês nem imaginam como estou triste.

Se calhar vai acabar o meu sonho de vos continuar a falar sobre a Grande Caminhada do Ventor.

Por agora, apenas um até sempre.

Se tiver sorte voltarei, se tiver azar, talvez o Ventor vos diga algo por mim.

Deixo-vos uma flor.

 

 

 

Uma daquelas que o Ventor tem trazido cá para casa, mas esta eu vejo do meu miradouro.

Bjs. para as minhas amigas e abraços para os meus amigos.

Se o Senhor da Esfera permitir, eu voltarei.







Eu sou o neto do Tobias, o melro amigo do Quico e do Ventor. Agora sem o Quico e sem o meu avô, estarei por aqui, com os nossos amigos, ao lado do Ventor e do Pilantras


publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 15:46