Olá, amigos

 

Sou o Tobias, um melro amigo e vizinho do Ventor

 

Agora que não tenho o meu amigo Quico, vou ter de recorrer, sempre, ao Ventor!

 

Eu estava aqui fora e ouvi o Alex, o amigo do Ventor a telefonar-lhe a dizer que foi à pesca, hoje, de manhã e que encontrou um dos nossos amigos penudos, a que chamou "ganso patola", morto na areia da praia dos Marretas, na zona onde o nosso amigo Neptuno beija a terra, entre Torrão do Lameiro e Ovar.

 

O Alex encontrou o ganso patola, morto, naquela praia porque, a ave queria que ele desse a informação da sua morte ao Ventor. Ele sabia que, com o desenvolvimento das tecnologias das telecomunicações, a notícia chegaria depressa ao Ventor e o Ventor ficaria a saber que ele não mais faria a distribuição da sua palavra pelo mundo.

 

Só que ele, esse ganso patola, estava anilhado!

 

 

 

Ganso patola, ou .... primo? Seja como fôr, é um belo penudo, daquels que, às vezes, fazem gracinhas para o Ventor e por ordem de alguém, ... as Parcas? O Senhor da Esfera? A fome? A doença? ... caíu para sempre, de bruços, numa das praias do seu mundo.

 

 

A anilha que o ganso trazia

 

A anilha do ganso patola dizia o seguinte: "Inform Museum, Jersey, CI F32212"!

 

Por isso, eu, o Tobias, pedi ao Ventor para colocar aqui os dados que o Alex e a Tina lhe enviaram, porque o Ventor é um sorna, ou está-se a fazer e não quer saber de nada. Fica sempre num compasso de espera! "Talvez, um dia, a bandeirola caia"! - Diz ele!

 

Sabem porque digo isto? Ele está mesmo um sorna! Já lhe pedi para colocar aqui a anilha que ele fotografou numa gaivota, daquelas que ele gosta e nunca pôs. Por isso, só lhe posso chamar sorna!

Ele, já apanhou o número de telefone da APPA - Centro Português de Anilhadores de Aves, nº. da TMN, para quem ele pode falar de borla - Será que fala? Pode ser que eles saibam de onde veio o ganso.

Ai Ventor, que falta o Quico nos fazia!

 

Eu sei que ele anda doente, mas ... Chiça!

Ah!!!!!!!!!!!!!

Sabem o que ele me disse?

"Cala-te, Tobias, porque se me chateias ainda faço de ti um franguinho e mando meter-te no forno"! O Ventor disse-me isto! Será que as dores de pescoço, são assim tão terríveis?

Chiça!







Eu sou o neto do Tobias, o melro amigo do Quico e do Ventor. Agora sem o Quico e sem o meu avô, estarei por aqui, com os nossos amigos, ao lado do Ventor e do Pilantras


publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 15:08